Do UOL

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, lamentou hoje, no Twitter, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de proibir a prisão após condenação em segunda instância, decidida ontem por 6 votos a 5. Ele falou que lutar pela Justiça é um trabalho que encontra “previsíveis vitórias e revezes”. E voltou a dizer que o cenário atual pode ser mudado pelo Congresso.

“Lutar pela Justiça e pela segurança pública não é tarefa fácil. Previsíveis vitórias e revezes. Preferimos a primeira e lamentamos a segunda, mas nunca desistiremos”, afirmou ele, no post do vídeo de um discurso.

“A decisão do STF deve ser respeitada, mas pode ser alterada, como o próprio Ministro Toffoli reconheceu, pelo Congresso”, completou Moro.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *