Manifestação será em apoio a algumas medidas propostas pelo governo Bolsonaro.

No próximo domingo, 26 de maio, em apoio a medidas do governo federal, movimentos apartidários e lideranças políticas em todo Brasil estarão nas ruas. É previsto a adesão de pelo menos 60 cidades, nas capitais e no Distrito Federal. Em Pernambuco, a concentração está marcada para às 14h em frente a Padaria Boa Viagem, no Recife. O deputado Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB), líder da oposição na Assembléia Legislativa de Pernambuco, tem encabeçado o ato ao lado de movimentos de direita e outros líderes políticos.

Com objetivo de organizar a manifestação, uma reunião foi realizada na última segunda-feira (20), definindo os detalhes e pautas para o ato. Participaram do encontro o deputado Marco Aurélio Meu Amigo, o Coronel Meira, ex-candidato a deputado federal pelo PRB e Marco Aurélio Filho, Presidente do PRTB Recife.

Também estiveram no encontro líderes do movimento Direita Pernambuco e do Brasil 200.

O deputado Marco Aurélio acredita que a manifestação será “principalmente para defender as medidas que o Brasil precisa”, o parlamentar argumenta que “o país não pode ser mais o Brasil do passado, precisa ser um Brasil do futuro”.

Na Alepe a deputada Clarissa Tércio (PSC) também deu sinal de apoio à manifestação, em seu perfil no instagram a conservadora fez um poste de convocação. “Dia 26 estaremos todos juntos, num grande ato de apoio às mudanças que o nosso Brasil precisa. Eu creio em dias melhores para nossa nação”, diz o texto da publicação.

Outras lideranças no estado também estão apoiando o ato, como o Endireita Pernambuco, Grupo B17, liderado pelo Coronel Koury, os participantes do movimento Vem Pra Rua Pernambuco, além de filiados ao partido NOVO, como Charbel Maroun.

Entre as pautas defendidas pela movimentação estão: O pacote anticrime e anticorrupção, proposto pelo Ministro Sergio Moro, a Reforma da Previdência, permanência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) no Ministério da Justiça e a aprovação da Medida Provisória 870.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *