Do G1

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta sexta-feira (12) que irá trabalhar para concluir a votação em primeiro turno da reforma da Previdência ainda nesta sexta e avaliará, juntos aos líderes partidários, o melhor momento para votar o segundo turno da matéria.

A expectativa dele é que também seja possível, após o fim do primeiro turno, reunir ainda nesta sexta a comissão especial onde a reforma tramitou até a semana passada e que será responsável por votar a redação do texto para o segundo turno – esta etapa é mais formal, sem mudanças no texto que não de redação.

“Tem que trabalhar para a gente conseguir terminar o primeiro turno hoje e tentar caminhar para a comissão especial novamente. Só começando cedo, senão fica inviável”, afirmou Maia ao chegar na Câmara por volta 11h10.

Ao chegar para a Câmara, ele afirmou ainda que “o importante é concluir o primeiro turno” sem perder a economia prevista com a proposta.

“O importante é terminar o primeiro turno com a vitória que nós estamos mantendo. O que está sendo votado nos destaques a perda de arrecadação não vai passar no total de mais de 15 a 20, 25 bilhões. Então, a gente mantém essa economia. O que não pode é perder essa economia. Os últimos destaques do PT são destaques que, se não forem derrotados, nos tiram R$ 100 bilhões”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *